sexta-feira, 27 de julho de 2012



Voz que ouço
Está
Cá dentro

Seu eu
ecos
de mim
Self. Me.

O vinho, o rum.
Shakespeares, Drummonds, Bandeiras, Pessoas.
E tua voz, Jaílson, a sussurrar.

E eu, surdo que sou,
Não nos reconheço.